2.10.12

Minha Ignorância

Perdoe minha ignorância diante do seu tamanho saber
Filosofia de nada sei
Diante das existências, moralidades, valores e  questionamentos
Prefiro manter-me pensativa
Diante de uma racionalidade matemática
Prefiro ser irracional
Diante de questionamento  literários
Fico  apenas com as palavras do autor
Diante de sua perfeita distribuição geográfica
Assisto ao  caos humano
Diante da semântica
Prefiro as metáforas efêmeras
Diante da ciência da matéria
Prefiro a imprecisão dos pensamentos
Diante da objetividade física
Fico com a teoria
Diante de toda sua proficiência
Fico com a mestria da minha inépcia.